Copy
Newsletter 2016 #25                                             https://observatorio-das-desigualdades.com/
View this email in your browser
Nesta nova newsletter reúnem-se aquelas que têm sido as principais atividades desenvolvidas pelo Observatório das Desigualdades. 

Como já é habitual, serão apresentadas as principais tendências no que diz respeito aos indicadores de desigualdade: Em Portugal, após um período de aumento consecutivo das desigualdades de rendimento, e embora os valores ainda estejam acima daqueles registados antes do período da crise (2008), os últimos dados para 2014 revelam uma ligeira diminuição das desigualdades. 

Convida-se igualmente o leitor a acompanhar o início da publicação do dossiê temático, que incluirá informação estatística sobre temas vários. 
 
 
Em sintonia com as preocupações demonstradas pelas principais organizações internacionais sobre o tema (ver notícia sobre o relatório da OCDE, Society at a Glance 2016, abaixo), o primeiro dossiê temático foca o problema do emprego jovem em Portugal e na Europa.

Embora comecem a haver indícios que apontam para uma recuperação após a Grande Recessão, os jovens continuam a ser dos grupos mais vulneráveis e os que mais perderam com a crise. 

Por fim, destaque-se a presença do OD em duas novas redes sociais: o Twitter e o Instagram, a que se convida a todos os seus leitores a acompanhar. 
 
Renato Miguel do Carmo
Ana Rita Matias 

Dossiê temático


O emprego jovem em Portugal e na Europa  

Esta descrição estatística sobre o emprego jovem consiste na primeira periódica do dossiê temático que o Observatório das Desigualdades passará a publicar com base nos dados de organizações nacionais e internacionais. A análise sobre o emprego jovem foi feita com base no EU Labour Force Survey, do Eurostat. Consulte aqui a publicação


 
Na maioria dos países europeus houve uma diminuição da taxa de emprego jovem. Nos países do Sul apenas um quarto a um sétimo dos jovens está empregado. 

Notícias


Níveis de emprego dos jovens na OCDE continuam baixos 

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) publica bianualmente o relatório Society at a Glance, onde se apresenta a evolução de alguns dos principais indicadores sociais para os países membros. No último número publicado no início do mês de Outubro, o relatório deu principal destaque à situação profissional dos jovens. Ler notícia aqui.

Platafotma Portugal Desigual - Um retrato das desigualdades dos rendimentos e da pobreza no país

Divulga-se o projeto Portugal Desigual - Desigualdade de Rendimento e Pobreza, com a coordenação científica de Carlos Farinha Rodrigues, financiado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, em parceria com a SIC e o jornal Expresso.


Indicadores


Coeficiente de Gini: Valor do coeficiente reduz para Portugal, Grécia e Espanha em 2014
Desigualdade de rendimento (S80/S20) em Portugal e na Europa 
Em 2014 o rendimento dos 20% mais ricos em Portugal (5º quintil) era 6,0 vezes superior ao dos 20% mais pobres (1º quintil)
Desigualdade de rendimento (S90/S10) entre os 10% mais ricos e os 10% mais pobres diminui em 2014
Em Portugal, após um período em que a diferença de rendimento entre os 10% mais ricos face aos 10% mais pobres aumentou durante quatro anos consecutivos, os últimos dados para 2014 revelam uma ligeira diminuição das desigualdades.

Consulte aqui mais indicadores
Na próxima Newsletter:
  • Dossiê temático: O desemprego jovem em Portugal e na Europa

Observatório das Desigualdades nas redes socais:

Copyright © 2016 Observatório das Desigualdades, All rights reserved.
https://observatorio-das-desigualdades.com/newsletters/ 

Our mailing address is:
observatorio-das-desigualdades.cies@iscte.pt

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list
 






This email was sent to <<Email Address>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
ISCTE-IUL · Rua das Forças Armadas 26A · Lisboa 2670-012 · Portugal

Email Marketing Powered by Mailchimp