Copy

Recentemente, a 7ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região decidiu pela validade de dispensa por justa causa de empregado que postou conteúdo ofensivo à empresa em suas redes sociais.

No caso, o trabalhador compartilhou no Facebook notícia negativa à empresa, uma rede de supermercados, com comentário irônico e jocoso sobre a situação da empregadora.

Após dispensa por justa causa, o empregado alegou que havia feito a postagem fora do horário de trabalho e questionou a legalidade da demissão.

Na decisão a desembargadora-relatora Dóris Ribeiro Torres Pina afirmou que o comentário "macula a imagem da empresa e a prejudica perante seus clientes".  Dessa forma, a dispensa por justa causa aplicada pela empresa foi mantida. 

Você está recebendo esta mensagem em razão de relacionamento profissional com o escritório.
Caso não deseje mais receber, clique aqui para ser removido.

Copyright © 2022 Miguel Neto Advogados, All rights reserved.

 






This email was sent to <<Email Address>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Miguel Neto Advogados · Rua Fidêncio Ramos, 308 - 2º andar · Torre A - Conjuntos 22 e 24 Vila Olímpia · São Paulo, SP 04551-010 · Brazil

Email Marketing Powered by Mailchimp