Copy

Notícias do campo

Boa Vista, março de 2020

OPERAÇÃO SOLOMON

Em maio de 1991, a Etiópia estava em meio a uma guerra civil e a capital, Addis Abeba, prestes a ser tomada por forças rebeldes. Foi montada, então, uma operação com dezenas de voos em uma curta janela de tempo para resgatar mais de 14 mil judeus etíopes, naquela que ficaria conhecida como Operação Solomon. Visando acomodar tantas pessoas quanto fosse possível, vários dos aviões foram despojados de seus assentos e, para evitar retaliações, o nome El Al e a bandeira de Israel foram removidos das fuselagens. Todos os países na rota foram notificados sobre a natureza humanitária da operação.
Um dos aviões utilizados no resgate foi um Boeing 747-200. Quando o avião fechou suas portas para a viagem de volta, a contagem de pessoas foi de incríveis 1.087. Esse número já seria um recorde, mas foi batido duas vezes ao longo do voo. Isso por que um bebê nasceu no trajeto entre Addis Abeba e Tel Aviv, aumentando a contagem para 1.088 e, após o pouso, uma nova contagem revelou que, na verdade, havia 1.122 pessoas a bordo, já que várias crianças e bebês não haviam sido contados.
Esse feito perdura até hoje como o recorde de pessoas transportadas em um único voo por um avião comercial, e dificilmente será batido!
Durante o mês de março de 2020, guardando as devidas proporções, tivemos que cumprir a nossa operação “Solomon” aqui em Boa Vista-RR. Inicialmente, o objetivo era fazer vários voos com nossas duas aeronaves e trazer para a cidade as famílias dos missionários da MEVA, a fim de participarem da conferência anual da missão. Entretanto, logo tornou-se um desafio humanitário remover também das aldeias todos os nossos parceiros da MNTB, em função dos desdobramentos da pandemia do novo coronavírus. Os últimos voos aconteceram já num clima bem tenso, em que medidas extremas de precaução sanitária tiveram que ser tomadas por nossos pilotos missionários e todos os passageiros transportados.
Graças ao nosso bom Deus, pudemos levar a bom termo mais esta missão inédita em Asas de Socorro. Os missionários e suas famílias, em sua quase totalidade, se encontram agora em Boa Vista aguardando o parecer favorável das autoridades, assim como o momento mais propício para retornar às aldeias e retomar os seus ministérios. Não sabemos o tempo que esta espera vai demandar, mas cremos que tudo está sob a soberania do Pai. Ele tem nos dado o privilégio de servi-lo e aos santos irmãos através da aviação, em momentos de bonança e em momentos de crise seu nome tem sido glorificado!
OREM CONOSCO
 
  • Agradecendo ao Senhor pelas suas misericórdias que se renovam sobre nossas vidas.
  • Suplicando a Deus por sabedoria e discernimento nas decisões que precisamos tomar nos próximos dias ou semanas de quarentena.
  • Pela igreja indígena e seus líderes (aquelas que os têm) durante a ausência dos missionários das aldeias. Que os nossos irmãos sigam perseverando nos caminhos do Senhor!
  • Por nossa saúde física e emocional. Estávamos planejando um período de descanso para o começo de abril, incluindo uma ida até Manaus para uma semana de férias. Tudo teve que ser cancelado.
  • Pelo desafio do cuidado com os pais de Suzi, ambos estão dentro do grupo de risco com seus 88 anos de idade. Temos redobrado os cuidados com eles o que tem nos deixado ainda mais desgastados (principalmente Suzi).
  • Por provisão do alto para todas as nossas necessidades. Deus as conhece todas!
  • Agradecendo ao Pai pela vida dos amados irmãos e igrejas que têm fielmente servido ao Senhor como mantenedores e intercessores do ministério que Ele nos confiou. 
Heber e Suzilane
CONTATOS
Caixa postal 165, Boa Vista-RR, CEP: 69.301-970
Email: heber.figueiredo@asasdesocorro.org.br / heberbf@hotmail.com
Tel. (95) 32242412 hangar / (95) 98123-5965 Cel. TIM

www.asasdesocorro.org.br