Copy
Foi um amigo seu que te encaminhou este e-mail?   

Devoradores e construtores do tempo


Tempo de Leitura: 6 minutos
Compartilhe o On The Bridge
. .
. .
. .
. .

30 Dias em uma imagem

Foto: Instituto Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon)
“O mundo se tornou perigoso porque os homens aprenderam a dominar a natureza antes de dominarem a si mesmos.”
(Albert Schweitzer 1875-1965)
Os versos do poeta Antonio Miranda já nos dizem que a Amazônia é “uma promessa toda de prosperidade e a natureza pesando sobre os homens”. Ou seriam os homens pesando sobre a natureza? O último levantamento do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), que há 30 anos monitora a floresta com o apoio de satélites em tempo real, mostrou aumento de 278% no desmatamento em julho de 2019, em comparação com o mesmo mês de 2018. O percentual de crescimento de junho (88%) foi o alerta do que estava por vir. Enquanto a grilagem, o desmatamento e a expansão agrícola avançam, um artigo científico de pesquisadores brasileiros publicado na revista PNAS, da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, mostra que a inovação e a tecnologia podem reverter esse cenário. Eles propõem a criação de produtos e mercados que fomentem o desenvolvimento econômico da região ao mesmo tempo em que preservam o ecossistema, tornando a Amazônia a incubadora de um modelo de capitalismo mais consciente. Alguma dúvida de que o domínio sobre a natureza humana e sobre a tecnologia pode tornar tudo isso possível?
O que você pode ter perdido
A tecnologia não nos deu mais tempo. Por quê?
Desde a pré-História, a humanidade molda a natureza com o objetivo de facilitar a nossa vida. Mas estamos falhando miseravelmente quando o assunto é ganhar mais tempo - em especial nos últimos anos. A maioria das pessoas tem a sensação de que, antes da popularização da internet e dos smartphones, tinha mais tempo para aproveitar a vida, conversar com os amigos, brincar com os filhos, ir ao parque, andar de bicicleta ou ler um livro. Além do tempo que dedicamos (e desperdiçamos) às mídias sociais, as demandas chegam a todo instante e há uma obrigação de estar disponível e acessível a qualquer hora. Os médicos alertam: tanta cobrança está nos deixando doentes.
› No Uol
Biohacking e a busca pela longevidade
Biohacking é um termo que abrange desde experimentos científicos simples sobre leveduras até a mudança de nossa própria biologia bombeando para o corpo sangue de uma pessoa mais jovem, na esperança de que ele combata o envelhecimento - pois é, isso existe e é chamado de transfusão de sangue jovem. O biohacking é o novo queridinho dos cientistas que buscam melhorar nosso cérebro, nossos corpos e até mesmo a natureza humana por meio da mistura de tecnologia e biologia. E muitos desses mesmos cientistas são também cobaias de seus experimentos, nos fazendo questionar: qual o limite ético para essas pesquisas? Por enquanto, a resposta ainda é uma incógnita.
› Na Vox
A revolução dos carros autônomos
Já parou para pensar em como será o mundo quando os carros autônomos estiverem nas ruas? Pois já tem gente que imaginou ao menos 73 mudanças que serão provocadas pela próxima revolução pós-Uber. A primeira é que nós não seremos mais os donos dos automóveis e o transporte individual será o mais novo filão do fenômeno as a service. Mas há também uma previsão que você jamais deve ter imaginado: os veículos elétricos poderão fornecer energia portátil para diversas finalidades - até mesmo para substituir redes de distribuição de energia em locais remotos. Incrível, não?
› No Medium
Inteligência artificial para todos
A inteligência artificial se tornou, a partir de 2018, definitivamente um fenômeno global. Isso porque, no período, o investimento mundial em tecnologias ligadas à IA ultrapassou o norte-americano pela primeira vez. Em 2013, 75% do dinheiro destinado a startups que trabalhavam com a tecnologia era norte-americano. Em 2018, o percentual caiu para 40%. Trata-se, principalmente, de uma decisão de Estado. Tanto os governos europeus quanto o gigante chinês adotaram uma estratégia de aportes concentrados na área. A tecnologia é, afinal, a principal aposta para revolucionar o mercado - de setores como serviços a Saúde.
› No Axios
Resultado do quiz de maio
Em julho, nós perguntamos: como você enxerga o futuro da sua profissão?
Olha só o que os assinantes do On the Bridge responderam:
1 - Estou certo de que ela continuará necessária e que não sofrerá grandes mudanças
2 - Estou atento, pois acredito que precisarei me adaptar a algumas transformações, mas a essência do que faço continuará a mesma
3 - Estou um pouco preocupado, porque parte do meu trabalho já está sendo substituída pela tecnologia
4 - Estou bastante inseguro, pois já existem tecnologias que fazem 100% do meu trabalho
Para ler com tempo
Tecnologia para ressignificar o trabalho
A mobilidade conferida por smartphones, tablets e notebooks de última geração, conectados por redes de altíssima velocidade, com sistemas corporativos hospedados na nuvem e acessados de qualquer lugar do mundo, alterou não só os relacionamentos de trabalho, mas também os locais onde atuamos e até mesmo nossas próprias profissões. Este report traça um panorama evolutivo do chamado “mundo do trabalho”, valendo-se de estudos e relatórios de consultorias especializadas para explicar como conectividade, mobilidade e segurança da informação mudaram nossa forma de produzir.
› Acesse aqui
O 5G na próxima década
A ultravelocidade do 5G é considerada o catalisador de tecnologias como inteligência artificial, Internet das Coisas (IoT) e realidade aumentada. E ela não é apenas uma extensão do 4G, mas sim a possível solução para conectar bilhões de dispositivos de quase qualquer tipo, reunindo dados infinitos considerados como o novo petróleo da economia mundial. Esse relatório da consultoria Deloitte traz insights sobre como o 5G irá alavancar o crescimento econômico mundial na próxima década.
› Acesse aqui
A Saúde não tem tempo a perder
A Saúde é considerada uma das últimas fronteiras da inovação tecnológica. O podcast Saúde Business traz temas relevantes para quem é do setor, além de insights sobre como conduzir a transformação das organizações por meio da tecnologia e, assim, alcançar um ecossistema que ofereça, de fato, prevenção e qualidade de vida ao invés de somente tratamento e cura de doenças. Entre os temas dos episódios estão a telemedicina e suas possibilidades,  as principais tendências em Saúde Digital e como otimizar a experiência do paciente.
› Acesse aqui
Eu vou
 
Startup Summit
Data: 15 e 16 de agosto
Local: Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira - Rodovia SC-401, km 01, s/n - Trevo de Canasvieiras - Florianópolis - SC
Mais: summit.sebrae.com.br/
 
Singularity Global Summit
Data: 19 a 21 de agosto
Local: São Francisco, Califórnia
Mais: su.org/summits/su-global-summit/
 
Customer Success Day 2019
Data: 20 de agosto
Local: Cubo Itaú - Alameda Vicente Pinzon, 54
Vila Olímpia, São Paulo - SP
Mais: csday.io/
 
Industry 4.0 Cisco
Data: 22 e 23 de agosto
Local: Executive Briefing Center - San José, Califórnia
Mais: app.smartsheet.com/b/form/e106acb37ee447139e22622bd12f8ee7
 
Mercado Livre Experience
Data: 29 de agosto
Local: São Paulo Expo - Rodovia dos Imigrantes, s/n - Km 1,5 - Vila Água Funda, São Paulo - SP
Mais: mercadolivreexperience.com.br/
 
Filis - Fórum Internacional de Lideranças da Saúde
Data: 30 de agosto
Local: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201, Rua Coropé, 88 - Pinheiros - São Paulo - SP
Mais: www.abramed.org.br/filis/
 

Sobre o On The Bridge
A curadoria de conteúdo desta newsletter é feita por um time de jornalistas que adoram tecnologia e escrevem sobre ela todos os dias. É uma iniciativa idealizada e realizada pela 2S Inovações Tecnológicas, que é apaixonada não só por TI, mas pela chance de dar resposta a problemas urgentes de empresas e da sociedade.
Copyright © 2019 2S INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS LTDA, All rights reserved.

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.